Fernando Bezerra Coelho está na disputa por uma no TCU

,

 


Uma disputa acirrada pelo TCU no Senado 

A Comissão de Assuntos Econômicos do Senado inicia nesta terça-feira a partir das 9 horas uma sabatina com os três postulantes ao cargo de ministro do Tribunal de Contas da União na vaga do ministro Raimundo Carrero que assumirá o posto de embaixador do Brasil em Portugal.

Na disputa, Antonio Anastasia (PSD/MG), Fernando Bezerra Coelho (MDB/PE) e Kátia Abreu (PP/TO), três senadores experientes que estão no final de seus respectivos mandatos. Tanto Kátia Abreu quanto Fernando Bezerra foram ministros nos governos Dilma Rousseff, já Anastasia ocupou o cargo de governador de Minas Gerais, o que garantem aos três a experiência necessária e a qualificação exigida para um cargo que tem forte necessidade técnica mas que demanda também capacidade de articulação na capital federal.

O dia da escolha se inicia sem um favorito determinado, haja vista que são necessários 41 votos, ou seja, maioria simples dos 81 senadores, para a definição, havendo, portanto, uma grande divisão entre as três postulações. No começo da disputa havia apostas entre Kátia Abreu e Anastasia, porém nos últimos dias, após a aprovação do relatório da PEC dos Precatórios no Senado, a avaliação é que o líder do governo, Fernando Bezerra Coelho, e relator da PEC, teria ganhado força na reta final, embaralhando completamente o jogo e deixando a disputa imprevisível.

Se porventura surpreender e for eleito ministro do Tribunal de Contas da União, Fernando Bezerra Coelho será mais um pernambucano a ingressar o seleto rol de integrantes da mais alta corte de contas do país, somando-se à atual ministra e presidente Ana Arraes e aos ex-ministros José Jorge, José Múcio Monteiro e Marcos Vinicios Vilaça.

0 comentários:

Postar um comentário