Centenário do industrial belmontense Afonso Rodrigues de Lima

,

 


"O HOMEM DE FERRO"

POR VALDIR NOGUEIRA

RELEMBRANDO O INDUSTRIAL AFONSO RODRIGUES


“O homem de ferro”...assim denominou Paulo Guerra, governador de Pernambuco, na década de 1960, referindo-se ao belmontense Afonso Rodrigues de Lima, que se vivo fosse, hoje, 23 de junho  de 2021 estaria completando 100 anos de idade.

Nascido em Belmonte no dia 23 de junho de 1921, filho do Sr. Sebastião Rodrigues de Lima e de dona Maria Rodrigues da Costa, Afonso Rodrigues tornou-se um dos homens mais importantes do Nordeste brasileiro quando descobriu e iniciou o beneficiamento do ferro, no sertão pernambucano, em solo belmontense, promovendo uma transformação social e econômica no município.

A descoberta das jazidas de ferro de São José do Belmonte viria soerguer a economia municipal durante três décadas. Em conseqüência da exploração do ferro vieram à energia de Paulo Afonso, a água encanada e saneamentos, e o município começou a viver nesse tempo considerável avanço. E Belmonte ganhou então às páginas dos jornais, diferente das aterradoras notícias da época do cangaço, as novas notícias eram focadas em progresso e desenvolvimento.

Numa região sertaneja constantemente assolada pelas terríveis secas, onde se via pouco trabalho, Afonso Rodrigues seguiu seu caminho de visionário e se tornou um grande empreendedor, urbanista e grande  empresário. Lembrar tal exemplo é de grande importância nos dias de hoje com suas idéias e sonhos. São José do Belmonte tem muito a agradecer a este grande homem.

Um comentário:

  1. O historiador Valdir Nogueira, sempre nos deixa um grande e rico material da nossa historia.
    Parabéns ao professor e ao blog.

    ResponderExcluir