Podem me expulsar, desabafa prefeito em recado ao PSB

,

 


Em entrevista gravada, há pouco, para o Frente a Frente que irá ao ar logo mais às 18 horas, o prefeito de João Alfredo, Zé Martins (PSB), disse que não teme nenhum tipo de represália por parte da direção estadual do seu partido pela decisão de ir prestigiar o ato de filiação ao DEM, no próximo sábado, no Recife, do prefeito de Petrolina, Miguel Coelho, pré-candidato ao Governo do Estado pelo bloco da oposição nas eleições do ano que vem. "Eu não só vou, como vou levar uma comitiva. Se o PSB se incomodar e quiser me expulsar, fique à vontade", desabafou.

Zé Martins se considera independente, mesmo filiado ao PSB. Na entrevista, faz desabafos. Diz que o governador Paulo Câmara nega pão e água para João Alfredo. "Estou há nove meses prefeito e nunca recebi sequer uma mensagem do governador me parabenizando quanto mais liberação de verbas", afirmou, adiantando que Câmara é ingrato com João Alfredo.

A filiação de Miguel Coelho ao DEM vai se transformar num ato de pré-lançamento da candidatura dele a governador. Para Zé Martins, o herdeiro do senador Fernando Bezerra Coelho faz uma excelente gestão em Petrolina e tem competência e capacidade para governar o Estado. "É um excelente gestor e pode ser um grande governador", disse. O prefeito ressaltou que sua presença no evento é um reconhecimento do município ao apoio dado por Fernando Bezerra na transferência de recursos federais ao município.

0 comentários:

Postar um comentário