Luto: País perde Tarcísio Meira e Paulo José. Dois grandes atores fizeram história no cenário artístico

,

 


O Brasil perdeu na quarta-feira o ator Paulo Jose, de 84 anos, que estava internado há 20 dias, com paneumonia e, nesta quinta-feira, Tarcísio Meira, com 85 anos, morreu vítima de Covid-19. Na redes sociais, amigos e colegas de profissão lamentam as perdas dos dois grandes atores.

Paulo José

"Um dos maiores nomes da nossa dramaturgia, como ator e diretor, e também dono de uma voz marcante, Paulo José é daqueles artistas de quem o público sempre se sentiu próximo. Nas últimas décadas, entrou em nossas casas por meio de uma infinidade de personagens que ficam, assim como ele, para a história", destacou a Globo, em nota à imprensa.

Paulo José Gómez de Souza nasceu em Lavras do Sul, interior do Rio Grande do Sul, em 20 de março de 1937. Teve o primeiro contato com o teatro ainda na escola, iniciando a carreira no teatro amador anos mais tarde, em Porto Alegre. No início dos anos 60, Paulo José foi morar em São Paulo e começou a trabalhar no Teatro de Arena, onde exerceu diferentes funções. A primeira peça em que trabalhou como ator foi Testamento de um Cangaceiro, de Chico de Assis, em 1961.

Estreou na Globo como ator na novela Véu de Noiva, de Janete Clair, em 1969. Seu primeiro grande personagem foi o mecânico-inventor Shazan, que formava uma dupla bem humorada com Xerife, personagem de Flávio Migliaccio, na novela O Primeiro Amor (1972), de Walther Negrão. Ao longo de mais de 60 anos de carreira, atuou em mais de 20 novelas e minisséries. Sempre ativo e atuante, mesmo depois de descobrir o mal de Parkinson, doença que o acompanhou por mais de 20 anos, Paulo José sempre esteve preocupado com a valorização do ofício de ator no Brasil, sendo nome de destaque na luta pela regulamentação da profissão no final dos anos 70. (Por Agência Brasil)

Tarcísio Meira

Tarcísio Meira estava internado tratando complicações da Covid-19. A informação da morte foi confirmada por Tadeu Lima, assistente pessoal do casal. O ator havia sido internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, no dia 6 de agosto, com a mulher, Glória Menezes, que também foi infectada com o vírus. O quadro dela, no entanto, é mais leve.

O eterno galã das telinhas, Tarcísio iniciou na Globo em 1977 e logo fez sucesso em Irmãos Coragem. Foi também o capitão Rodrigo , em O Tempo e o Vento. Sua última novela foi em 2018, em Orgulho e Paixão. 

0 comentários:

Postar um comentário