Duque irá realizar uma mini reforma administrativa por conta das eleições 2020 em Serra Talhada

,
Em função da legislação eleitoral o prefeito de Serra Talhada, Luciano Duque (PT), prepara uma mini-reforma administrativa onde vai exonerar os secretários que irão para disputa nas urnas. Ainda este mês, o prefeito vai deixar pronto o decreto de exonerações.
Devem sair a secretária de Saúde, Márcia Conrado, Marcos Oliveira (Desenvolvimento Econômico), Zé Pereira (Agricultura) e Esportes (Gin Oliveira).
Farol apurou que a única exceção é o secretário de Governo, Faeca Melo, que não é pré-candidato nas eleições próximas, mas deixará o cargo. Outra novidade será a chegada do radialista Anderson Tennes, que vai chefiar a pasta de Imprensa e Comunicação petista.
Faeca é amigo do deputado Sebastião Oliveira, mas não será exonerado por esta razão. Há rumores que o ciclo do secretário se encerrou no governo.

0 comentários:

Postar um comentário