Grupo de Rogério Leão continua sem um nome para 2020 e Karina ganha espaço na oposição de São José do Belmonte

,

Dentre os planos políticos do prefeito Luciano Duque para 2020, na mente do gestor é real a possibilidade de lançar o nome da esposa, Karina Rodrigues, à prefeitura vizinha, de São José do Belmonte. Em entrevista à rádio Cultura FM, na semana passada, Duque defendeu a capacidade de trabalho de Karina, sinalizando que ela teria know how na gestão pública. “Ela é filha de Belmonte e tem feito um trabalho importante aqui comigo em Serra Talhada. Nos ajuda muito em parceria com outros secretários e ela tem uma capacidade enorme”, frisou.
Indagado sobre as especulações de que Karina Rodrigues já está atuando em Belmonte patrocinando eventos culturais para projetar seu nome publicamente, Luciano aconselhou que a imprensa chame sua esposa para entrevistas. “Está na hora de você marcar uma entrevista para ela, porque é mais adequado fazer perguntas para ela. Olha, qualquer decisão que ela tomar terá o meu apoio”, tergiversou o prefeito, voltando a elogiar a primeira dama: “Ela tem cacife para pleitear qualquer coisa, se é na política com certeza [fará um bom trabalho]”.

Nos bastidores, especula-se sobre se Karina Rodrigues viria como terceira via ou aliada ao projeto de reeleição do atual prefeito de Belmonte, pleiteando a vice de Romonilson Mariano. Ou, aliada ao bloco da oposição, liderado pelo deputado estadual Rogério Leão. “Eu não posso falar por minha mulher, seria uma indelicadeza, depois vão dizer: ele que botou [ela na disputa]. Agora, eu não quero precipitar qualquer decisão, em absoluto. Eu respeito a decisão dela, mas estou dizendo que ela é muito preparada. Se ela vai conversar com o prefeito ou a oposição eu não sei”, disse Duque, assegurando:
“Se ela [Karina] tem um sonho, ela vai conversar com o povo, acho que esse é o primeiro caminho. Se houver uma aceitação do povo, a decisão será dela”. Caso se concretize o projeto da candidatura de Karina Rodrigues em 2020, Duque estaria fortalecendo o nome de duas mulheres, já que em Serra Talhada é dada como certa a candidatura da sua secretária de Saúde, Márcia Conrado. Em 2018, Luciano foi também patrocinador da eleição de outra mulher, Marília Arraes, em nível federal.
Farol de notícias 

0 comentários:

Postar um comentário